Um legado é sempre legal?

[Diogo da Costa Rufatto] Vivemos num país essencialmente católico. Tudo bem que essa afirmativa possa não ser mais verdade em relação à palavra católico em si – dado o assustador crescimento das igrejas neopentecostais –, mas ainda é verdade que imensa parte dos brasileiros é educada no catolicismo. Eu mesmo fui, o que em parte justifica eu não saber, por exemplo, o que … Read More

Escrever Canção sem palavras

[Laura Cohen Rabelo]   Em janeiro de 2014 eu fiz uma viagem a Israel. Às vésperas dessa viagem, uma amiga querida, Rúbia, estava passando por uns perrengues de vida de recém-formada: tentando mestrado aqui e ali, fazendo concursos para tocar em orquestras, fazendo um cachê ou outro, entrando em conflito com várias pessoas. Algo na personalidade dela me deixava admirada: … Read More

Canção sem palavras – um trecho

No sábado dia 16/12/2017 será lançado o romance Canção sem palavras, de Laura Cohen Rabelo, na livraria & editora Scriptum (Rua Fernandes Tourinho, 99). Aqui vai um trechinho logo do início do livro, aos curiosos:   UNHAS CORTADAS Desce do táxi em frente ao pequeno prédio forrado da mesma pedra que reveste toda Jerusalém carregando a mochila que agora pesa dezesseis quilos … Read More

Orelha de livro: “De ombros caídos olhando para o inferno” de Constança Guimarães

[Por Micheliny Verunschk] Está chegando o lançamento do livro De ombros caídos olhando para o inferno da autora Constança Guimarães, que ministra aqui nas Estratégias a Maratona de escrita e é autora do livro A sereia da contorno e outras histórias de ônibus (Leme, 2017). Postamos aqui a orelha do livro, escrita por Micheliny Verunschk. O lançamento será na Casa Fiat (Praça da Liberdade, … Read More

TPL

[Diogo da Costa Rufatto] A gente é homem e não sabe o que é a tão famosa TPM, talvez tão famosa mesmo porque a gente é homem e precisa criar termos para dar conta do que a gente não dá conta. A gente é homem e, querendo ou não, tem ereções que apontam para a frente. A gente é homem … Read More

Desengavetando o gato: Ronron, de Elza Silveira

[Laura Cohen] Ronron é um livro infantil escrito e ilustrado por Elza Silveira, é um livro que demorou muito tempo para sair. A história dele é uma aventura que chega até a ser meio pessoal, já que eu testemunhei todo o processo. Acontece que Elza Silveira é a minha editora – mesmo eu publicando um livro ou outro por outra … Read More

Um anedotário: Seu Vicente não existe, de Carina e Luciana Gonçalves

[Laura Cohen] Seu Vicente não existe é um livro de textos que já foram escritos há algum tempo. Consistia em um blog que Carina e Luciana, filhas de Seu Vicente, mantinham para relatar casos do pai delas, um senhor bastante peculiar. Do mundo digital, os textos que lá circularam foram editados, alguns inéditos foram adicionados e tudo se transformou em livro. … Read More

A imaginação, as mulheres e o poder

[Por Flávia Péret] 1. Sou mulher e desde adolescente tinha o sonho de ser escritora. Aos 16 anos, meu escritor favorito era um homem, Rubem Fonseca e naquela época eu acreditava que para ser escritora era preciso imaginar personagens como os que Rubem Fonseca inventava: homens inteligentes e destrutivos, infiéis, mas também apaixonados, instáveis emocionalmente mas, sobretudo, personagens excessivamente masculinos. … Read More

A Flip era sonho antigo

[Ilustração: Regina Miranda] Por Dalva Maria Soares Depois da divulgação do nome de Lima Barreto como homenageado da 15a  Festa Literária de Paraty e da confirmação de alguns nomes, como Conceição Evaristo, a ruandeza Scholastique Mukasonga, Ana Maria Gonçalves, Edimilson Pereira, Grace Passô, o jamaicano Marlon James e o afro-americano Paul Beatty, me decidi. Convite feito a algumas amigas e … Read More