Carta aberta para Eliza Caetano, autora de O caderno das inviabilidades.

Querida Eliza, Tentei escrever este texto como escrevo para autores que trabalharam aqui no ateliê e vão publicar um livro: com certa distância, mas no lugar de quem olhou de perto e viu a coisa acontecendo. Não consegui – engraçado, não conseguir é um dos temas d’O caderno das inviabilidades. Está lá o que não é possível, os perigos, os desentendimentos, … Read More

Cinco perguntas sobre a escrita: Mariana Zande

[Mariana Zande – foto de Bianca de Sá]   1.       Como se iniciou a sua relação com a escrita? Tive uma aula sobre rima na quarta série. A professora explicou o que era e deu o exercício: fazer um poema. Fiz e não parei mais. Escrevi poesia, letra de música, carta, tudo o que me dava na telha. E aos poucos … Read More

A brincadeira muito séria – Vrás, de Carolina Spyer

[Por Laura Cohen] Quando a Carolina chegou ao ateliê de escrita que coordeno aqui no estratégias, ela veio e manteve uma postura muito precisa – uma postura de humildade e plena franqueza. Ela chegou dizendo que escrevia poesia, e desejava escrever mais, mas não sabia nada sobre escrever poesia. Sempre interessante e corajoso esse ato de fazer sem saber mais … Read More

Muda, de Karen Simões Correa, ou as solidões, as coragens e as partilhas.

[Imagem: Iara Musa // Texto: Laura Cohen] Amanhã será lançado o livro Muda da poeta Karen Simões Corrêa. É uma alegria para mim ver esse livro sair dos arquivos dessa mulher tão especial – e tão rapidamente – já que recebi os primeiros textos dela que estavam no perigo da gaveta, em total estado bruto, há menos de dois anos. … Read More

O tempo da escrita de cada um

[Por Laura Cohen] Essa foi uma semana em que falei bastante sobre tempo com amigos, colegas e alunos. Uma das perguntas que mais fazem a respeito da escrita é quanto tempo eu demorei para escrever meus livros. Como eu já disse várias vezes aqui, eu tomo notas e depois passo tudo para o computador, e em seguida, depois de dar … Read More

Escritor que escreve livro

[O encavalamento de poemas no livro Muertes y maravillas do Jorge Teillier é um exemplo do que eu não quero em um livro de poemas]   Laura Cohen Durante a minha graduação, fui dar uma passeada no curso de restauração e fiz uma matéria que devia ser uma opção no curso de letras – História do livro. Resumidamente, trata-se uma disciplina que … Read More