A escrita como modo de ir

[Por Laura Cohen] Uma das coisas mais bonitas do meu 2016 foi a participação do amigo escritor Carlos de Brito e Mello nos Ciclos de convivência literária. Respondendo uma pergunta sobre o livro Vermelho Amargo do Bartolomeu Campos de Queirós, ele (não vou me lembrar perfeitamente bem de como foi porque me emocionei muito na hora) disse que era necessário reivindicar … Read More