Equipe

Laura Cohen

escritora, é formada em letras e mestre Estudos Literários pela UFMG. Publicou os romances História da Água (Impressões de Minas, 2012) e Ainda (Leme, 2014) e Canção sem palavras (Scriptum, 2017) e o livreto de poemas Ferro (Leme, 2016). Foi vencedora do segundo prêmio de literatura Universidade Fumec, em 2011, e em sua edição de 2009, obteve o terceiro lugar, publicando nas duas edições da coletânea Da Palavra à Literatura – Narrativas Contemporâneas. Faz parte da coordenação do selo Leme da editora Impressões de Minas e possui também trabalhos e pesquisa informais na área de artes plásticas. (foto: Bianca de Sá)

Flávia Péret

Escritora e professora de literatura. É mestre em Estudos Literários pela UFMG, estudou Literatura Latino-americana na Universidade de Buenos Aires (UBA) e é mestranda em Educação na UFMG, com uma pesquisa sobre escrita e formas políticas de resistência. Participou do programa Rumos de Literatura, na categoria Crítica Literária (2010/2011), promovido pelo Itaú Cultural e foi vencedora do Prêmio Folha Memória – Programa de Orientação de Pesquisa em História do Jornalismo Brasileiro, organizado pelo jornal Folha de São Paulo (2010). Publicou os livros História da Imprensa Gay no Brasil (Publifolha, 2011), 10 Poemas de Amor e de Susto (Edição independente, 2013), A outra noite (Edição independente, 2015) e Uma mulher (Edição independente+Guayabo, 2017). Seu próximo livro, Os patos, está no prelo e sairá pelo Selo Leme em colaboração com o Estúdio Guayabo. Desde 2009, atua como arte-educadora no campo da palavra e suas interseções com a imagem. (foto: Bianca de Sá)

Elza Silveira

Formada em Letras, mestre em Literatura Brasileira pela UFMG e em Design Gráfico/Comunicação Visual pelo SENAI-MG, publicou o livro Ronron (Jubarte, 2017). É editora na Impressões de Minas, onde coordena os selos editoriais Leme e Jubarte. Trabalha também como uma das organizadoras da Textura: pequena feira de impressões e literatura que acontece trimestralmente em Belo Horizonte. Entre os títulos publicados estão Ainda, de Laura Cohen Rabelo; A volta ao mundo de um tal Jacob von Warburton, de Adilson Luiz Quevedo, Tão Miudinha, de Fernanda Sander e Crespim, de Jussara Santos. (foto: Bianca de Sá)

Constança Guimarães

É escritora e jornalista. Publicou o livro de contos “A sereia do contorno e outras histórias de ônibus” (Leme, 2017), que foi apoiado pelo Rumos Itaú Cultural, e o romance “De ombros caídos olhando para o inferno” (Urutau, 2017). É editora do blogue Você é Feminista e não sabe, tem contos, minicontos e historinhas publicados aqui e ali. (Foto: Bianca de Sá)

Eliza Caetano

Nasceu e vive em Belo Horizonte, é jornalista e escritora, autora do livro O caderno das inviabilidades (Urutau, 2016), que foi semifinalista do prêmio Oceanos. Manteve o blog Página preta entre 2001 e 2006. (foto: Bianca de Sá)

Júlia Arantes

Formada em letras pela UFMG, é mestre em Teoria da Literatura e Literatura Comparada pela mesma instituição, tendo como objeto de estudo as obras plásticas e literárias de Nuno Ramos. (foto: Bianca de Sá)

Bianca de Sá

Fotógrafa, jornalista, arte educadora e multi-artista. Pós-graduada em Fotografia Contemporânea pela FUMEC, jornalista pela Faculdade Pitágoras e fotógrafa pela Oi Kabum! Escola de Arte e Tecnologia. Em sua trajetória artística como fotógrafa estão trabalhos de diferentes técnicas e suportes, com os quais participou de diversas exposições coletivas nacional e internacionalmente, desde 2009. Comercialmente, é sócio-proprietária da empresa Papelícula, que presta serviços de fotografia, vídeo, design, texto e oficinas formativas nessas áreas, sendo, junto com Mariana Zande, responsável pela parte audiovisual pelas entrevistas em vídeo feitas pelas Estratégias Narrativas. (Foto: Mariana Zande)

Mariana Zande

Escritora, videomaker e designer, mineira de Belo Horizonte, publicou o livro Minhas Férias (Leme, 2016), que conta pequenas histórias de férias passadas no interior de MG. Jornalista não atuante, Mariana se encontra no estudo da escrita e ministra cursos e oficinas sobre contos e poesia. Seu próximo livro, de poesias, está em fase final de preparação para publicação. É sócio-proprietária da empresa Papelícula, e responsável pela parte audiovisual das entrevistas feitas pelas Estratégias Narrativas (foto: Bianca de Sá)

Caio Meira

Nascido em Goiânia, vive no Rio de Janeiro desde 1984, onde se graduou em Psicologia (1989) e se doutorou em Literatura/Poética (2003), sempre pela UFRJ. Tem cinco livros de poesia publicados: No oco da mão (UERJ, 1993), Corpo Solo (7Letras, 1998), Coisas que o primeiro cachorro na rua pode dizer (Azougue, 2003), Romance (Circuito, 2013) e Para ler no escuro (7Letras, 2016). Está escrevendo seu primeiro romance, Quando chega o nevoeiro, ainda sem data de publicação. [Foto: Bianca de Sá]

Laetitia Jourdan

É antropóloga e entusiasta do ler e fazer livros, e edita a à Revista Literária, em Belo Horizonte. Graduada pela UFMG e mestre pela Universidade de Provence, hoje se dedica a novas experiências relacionadas à escrita. Seu primeiro livro de contos, Fissuras, será lançado em 2018. (foto: Bianca de Sá)

Carina Gonçalves

Nasceu e vive Belo Horizonte, é formada em Publicidade e Propaganda, pós-graduada em Processos da Imagem e da Palavra na PUC-MG e cursou o taller de Cinema Autorreferencial na EICTV em Cuba.  É coautora, com Luciana Santos Gonçalves do livro de anedotas “Seu Vicente não existe” (Leme, 2017). Atualmente, ministra oficinas de escrita  e trabalha como redatora. (foto: Bianca de Sá)

Luciana Abdo

Escritora, publicou “O Livro de Ouro das Coisas Sem Graça” (Leme, 2017).
Formada em Direito pela UFMG e em Cinema pela UNA, participou da oficina de criação literária do professor e autor Assis Brasil, na Academia Mineira de Letras. É editora da à Revista Literária em Belo Horizonte e tem um novo livro de contos no prelo, a ser lançado em 2018. (foto: Bianca de Sá)

Ana Paula Garcia

É mestranda em artes pela UFMG, mesma instituição em que se formou em Artes Visuais com habilitação em Desenho (2014). Participou de diversas exposições coletivas e da exposição individual “Construí um lugar para lembrar” (2013) e “Eu não quero nunca mais o seu endereço” (2018). Além de ter autopublicado a série de livros “Pequena Geografia” (2013), diagramou e ilustrou o livro “Capítulo LXII – Que trata da cabeça encantada e de outras ninharias que não podem deixar de se contar” (Coleção Sobretextos – Museu Vivo Memória Gráfica, 2012), entre outros.

Thaís Geckseni

É estudante de Artes Plásticas na escola Guignard. Estudou e trabalhou na gráfica da escola Oi Kabum!, onde produziu diversas publicações, possuindo experiência em impressão risográfica e em publicações independentes. Desde 2015, atua em projetos/produção gráfica, para editoras, curiosos do meio gráfico e projetos culturais que visem a exploração das artes gráficas.